Bonita e competente em qualquer idade

Andrea Simonetti

Postado em jan 25, 2018


O que existe em comum entre uma modelo famosa de 30 anos de idade e uma arquiteta de interiores de mais de 70 anos ? As duas são donas de uma beleza própria, rompem com paradigmas estéticos e derrubam tabus que perderam todo o sentido nesse século 21.

A Vogue mais uma vez traz a reflexão sobre a mulher que é bela independente da idade; as marcas que o tempo deixa no rosto e no corpo devem ser celebradas como uma valiosa herança de uma vida bem vivida e não disfarçadas e muito menos escondidas. A edição de fevereiro da revista traz duas capas : uma com a modelo Carol Trentini e outra com a arquiteta Alba Noschese.

Duas mulheres, duas histórias, duas palavras para adjetivá-las : divinas e maravilhosas.

A idade não é inimiga da beleza.

Nos últimos meses fiz dois posts aqui no blog mostrando que novos ares sopram na moda mundial, trazendo valorização para a mulher madura. E eu penso que o mais importante é desenvolvermos essa consciência em nossa vida, acreditando que a idade não é obstáculo para nos sentirmos bem, para buscar os sonhos e a realização profissional e pessoal.

Tenho falado com minhas amigas empresárias que na hora de contratar busquem profissionais que já passaram dos 50 anos de idade. Sim, vivemos num mundo em que o jovem dá as cartas por seu preparo e intimidade com as novas tecnologias, e isso é ótimo. Mas também é verdade que  ambientes de trabalho que reúnem profissionais jovens e outros mais maduros e experientes são mais harmônicos e trazem bons resultados para as empresas.

Beleza, competência e competitividade não são valores exclusivos de nenhuma faixa etária. E mulheres mais maduras são a prova disso.

Vamos juntas compartilhar essa ideia ?

 

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *